Back to Blog

Transforme inteligência de mercado em estratégia de marketing

Edu Prange

Vivemos rodeados de informação, enfrentando transformações velozes e constantes. E se é verdade que o crescimento vertiginoso do volume de dados que geramos traz uma série de desafios, também podemos dizer que ele aponta para um cenário de múltiplas possibilidades. Mas, afinal, como saber, entre tanta informação disponível, o que, de verdade, pode ser importante para o sucesso de uma campanha?

Quando não estamos ancorados na realidade mostrada pelos dados, tomar decisões na área de marketing, por exemplo, pode se mostrar uma tarefa bastante difícil. Portanto, é preciso monitorar constante e continuamente os ambientes digitais, incorporando um aspecto muito importante neste processo, conhecido como inteligência de mercado.

Um termo muito usado atualmente e que faz toda a diferença quando é colocado em prática. Principalmente, em um ambiente de negócios altamente disputado desta era digital, em que tudo e todos usam o online para se comunicar com o público consumidor, sendo cada vez mais importante o modo pelo qual as empresas constroem e aplicam suas estratégias de negócio.

 

Inteligência de mercado para quê?

Quando falo em inteligência de mercado, me refiro ao processo estruturado de coletar e analisar informações que possam guiar as decisões estratégicas da empresa. Estou tratando, neste texto, das ações de marketing, mas esse ciclo de inteligência pode - e deve - permear outros setores das organizações. O grande objetivo é entender o que acontece em torno da empresa, para conseguir ser mais competitivo.

Podemos pensar em diversos exemplos de organizações que utilizam inteligência por trás dos dados para sobreviver, inovar e mesmo causar disrupção em seus mercados. Entre elas podemos citar YouTube, Netflix, Spotify, Uber, Airbnb e tantas outras. O que elas fizeram foi prestar atenção aos dados de interesse do negócio e aprender sobre seus usuários de maneira a oferecer o que eles esperavam - e até o que nem sabiam que desejavam.

Entretanto, as boas ideias não caem do céu. O aprendizado das empresas que pretendem se manter relevantes deve ser baseado nas informações e análises cuidadosas do cenário que as envolve: o que o público diz, o que os concorrentes estão fazendo, como a empresa é vista, etc. Afinal, independente do setor, toda empresa quer conquistar e manter muitos clientes, além de se destacar no seu segmento. E para isso, as ações de marketing têm um papel muito importante.

Com o avanço das tecnologias, a intuição que tantas vezes apoiava a concepção de campanhas de marketing tornou-se obsoleta e até mesmo arriscada. Na era dos dados, as decisões devem ser o mais certeiras possíveis, sendo calculadas de maneira a antever e evitar ao máximo os riscos e erros. Por isso, o monitoramento e a análise cuidadosa das informações sobre o seu mercado tomaram o lugar do achismo baseando as decisões. Para isso, inteligência de mercado!

É curioso porque o que o nosso ambiente digital nos mostra é que mesmo aquelas empresas fortemente consolidadas precisam estar alertas. A qualquer momento seu mercado pode sofrer algum tipo de alteração - e elas rapidamente deverão se adaptar. E nessa realidade altamente mutável, tendo os dados como ponto de partida e a inteligência de mercado como estratégia de marketing, sua empresa aumenta significativamente a possibilidade de ter sucesso em suas ações e se destacar.

Com informações de qualidade e análises consistentes, ela pode agir com rapidez. Consegue antever movimentações no mercado, entender que impactos haverá sobre o seu negócio e se preparar para não ficar para trás. Hoje, apenas quem não conhece o cenário em que está inserido será surpreendido com um lançamento de algum concorrentes. Monitoramento e análise corretos podem manter sua empresa à frente dos competidores.

Além disso, com a inteligência de mercado, você conhece melhor o seu público, entende os perfis e comportamento e sabe o que ele demanda. Consegue, assim, tornar a experiência de compra dele sempre melhor, afinal, ele valoriza muito a experiência, mais até do que o produto ou serviço em si. Ou seja, a inteligência que tanto citei neste artigo deve ser encarada como um elemento básico utilizado nas organizações, não sendo mais um diferencial. Com ela, você vai além da coleta precisa de dados e analisa adequadamente os insumos que eles trazem para garantir um espaço relevante no mercado.

É hora de investir em inteligência - se é que você ainda não o fez. E para ter resultados ainda mais potentes, procure a melhor ferramenta para os objetivos do seu negócio. Uma solução como a Zeeng, que coleta em tempo real e concentra todas as informações das mídias digitais em um só lugar, tem muito a oferecer para o sucesso da sua empresa.

Mais posts no blog

Top 10 farmácias com melhor presença nas redes sociais

Realizamos um estudo exclusivo para o Panorama Farmacêutico a fim de entender quais farmácias brasileiras estão performando melhor nas redes sociais.

Ler o post

ANÁLISE DE PRESENÇA DIGITAL: MESSI X CR7 X NEYMAR

O estudo avaliou o desempenho nas redes sociais e imprensa dos três jogadores, bem como os seus impactos econômicos e mercadológicos. Os números foram levantados entre o dia 17 de junho e 17 de julho de 2020.

Ler o post

Como anda o engajamento das marcas no Instagram?

Para entender quais setores obtém mais interações e quais marcas mais se destacam em cada nicho de mercado realizamos uma análise de interações médias por posts no Instagram.

Ler o post

Fique conectado

Cadastre o seu e-mail abaixo e receba as novidades da nossa plataforma.
Oba, agora é só ficar ligado na sua caixa de correio.
Ops, algo deu errado! Tente novamente.
Fique tranquilo! Nunca compartilhamos seus dados com terceiros.