Back to Blog

Marketing Mix Modeling: a chave para melhores resultados de negócio

Edu Prange

O sistema MMM pode colaborar com a sua empresa, melhorando os resultados das ações de marketing e vendas de forma totalmente holística

Todas as profissões têm suas medições. Na medicina, o número de pacientes curados. No futebol, a quantidade de partidas vencidas. Na música, o sucesso da banda. E no marketing não é diferente. A cada novo planejamento estratégico, são estabelecidas metas para o alcance da empresa. Assim, na execução do projeto é possível medir a eficiência do plano em questão. A partir disso, as estratégias marqueteiras são reavaliadas e novas conclusões são obtidas.

Essa avaliação é chamada de MMM e não, não tem nada a ver com aquele chocolate delicioso do cinema. No entanto, pode trazer ótimos sabores para o seu negócio, principalmente quando se tem uma visão holística do mesmo. Esse termo significa Marketing Mix Modeling.

Entendendo o Marketing Mix Modeling

Curto e rápido, o Marketing Mix Modeling é uma técnica de avaliação de desempenho das estratégias de marketing postas em prática durante um certo período. Dessa maneira, o propósito do MMM é analisar e entender o quanto que cada ação de marketing está sendo eficaz para o objetivo do negócio.

O principal elemento a ser levado em conta é o orçamento destinado às táticas em execução. Assim, de acordo com o retorno do investimento (ROI), pode-se analisar se o método utilizado trouxe os resultados esperados.

Outro ponto diz respeito ao levantamento de dados e informações necessárias para a análise das suas ações de marketing. Já dizia a famosa frase “A pressa é inimiga da perfeição”. Partindo disso, o MMM oferece as condições de medir as variáveis do negócio em tempo real, sem que nenhum indicador importante fique de fora disso.

Porém, mesmo que com a possibilidade de analisar dados real time e rapidamente construir soluções para problemas, o Marketing Mix Modeling também atua sobre dados históricos e permite a procura por perguntas, que se tornam essenciais para transformar contextos de negócio. Exemplo disso seria a oportunidade de identificar a queda de pedidos de determinado produto de uma marca numa data e região específica e indagar-se o porquê desse acontecimento, ajudando a levantar respostas e soluções pontuais para esse cenário.

Por isso, o MMM necessita de profissionais que saibam medir as métricas dos projetos em execução. E a aposta em uma equipe qualificada é sempre um bom conselho. Até porque de nada adianta ter bons dados, se você não fizer boas perguntas, e são esses profissionais que evitarão que você desperdice verbas em estratégias que estão indo para o caminho errado.

Ou seja, a principal vantagem dessa prática é destinar de forma eficaz o seu budget de marketing. Afinal, ninguém gosta de jogar dinheiro fora, não é? Com o cálculo das métricas das estratégias, relacionadas à quantia investida, é possível potencializar o alcance de qualquer campanha e ter melhores resultados de negócio.

Relação entre MMM e o marketing holístico

Mas, afinal, o que esse modelo tem a ver com a prática holística? Entre diferentes motivos, o principal deles é que o MMM é uma das soluções mais importantes quando você deseja ter a visão do todo. Ao ajudá-lo a identificar um comportamento padrão do consumidor quando ele interage com o seu negócio, por exemplo, você pode prever cenários e tomar providências antecipadas de forma conjunta entre os setores, o que garante e dá qualquer viabilidade para o marketing holístico ocorrer com sucesso dentro da sua empresa.

Sendo assim, é possível dizer que o Marketing Mix Modeling é uma grande ferramenta para quem já aderiu ao marketing holístico, visto que ele não só ajuda a criar boas estratégias, mas permite testar e aprender com os resultados, ampliando o seu olhar sobre o negócio.

Rompimento com o marketing tradicional

Porém, para entendermos mais sobre esse modelo, precisamos nos descolar um pouco do marketing tradicional. Desde o começo dos estudos de marketing, uma coisa é certa: aprendemos sobre os 4 P´s definidos por Philip Kotler, autor e professor conhecido como o “pai do marketing moderno”. São eles: Produto, Preço, Praça e Promoção, os princípios base de qualquer estratégia.

No entanto, devido, principalmente, ao surgimento das novas formas de comunicar-se com o cliente, apareceram outros conceitos totalmente alinhados com a prática o MMM, formando agora os 7 P`s. São eles:

Pessoas

Antes de dar qualquer passo, é necessário saber qual o público-alvo a ser atingido. E com isso, elencar quais são as características dos consumidores em vista. Afinal, antes de um cliente, existe uma pessoa com desejos e necessidades a serem atendidas.

Percepção

Já ouviu falar no ditado “A primeira impressão é a que fica”? Então, é justamente isso. Para conquistar de vez o consumidor, é necessário oferecer a ele um ecossistema de interação único, seja ele virtual ou não. Sem falar que, para isso, você precisa manter o mesmo atendimento com excelência ao longo de todo processo de venda.

Processo

O “P” de “processo” se trata da experiência que você oferece para o cliente, ou seja, o que você irá agregar à vida do consumidor. Aqui, é a hora certa de apostar no diferencial da empresa, visto que é o momento perfeito para o comprador identificar as qualidades do seu produto em relação ao do concorrente.

São esses três novos integrantes do mix de marketing que fazem com que as organizações prestem atenção no que elas têm de mais valioso: os seus clientes. E como em todos os segmentos de mercado, os dados que eles, protagonistas da práticas de MMM, geram são essenciais para construção de estratégias de marketing sólidas, executáveis e muito rentáveis.

Mais posts no blog

Breve análise da Presença Digital dos Presidentes Donald Trump e Jair Bolsonaro com a Plataforma Zeeng

Enquanto no Brasil a próxima eleição para presidente do país só acontecerá em outubro de 2022, nos Estados Unidos os americanos já começam a se preparar para ir às urnas no próximo ano. Pensando nisso realizamos um estudo onde analisou a presença digital dos presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump. 

Ler o post

Zeeng e Bluma HUB divulgam presença digital das marcas brasileiras mais valiosas

O ranking analisa o impacto positivo de um bom posicionamento na internet na visão dos consumidores. No estudo, foram analisadas as seguintes categorias: ativo social, comparação do número de seguidores, fãs e inscritos que cada marca possui em suas redes sociais; web analytics que compara a autoridade dos domínios e relevância entre os sites e o social analytics que analisa o comportamento de cada marca em suas redes sociais oficiais e leva em consideração informações como: engajamento, ativo social, share of voice e volume de interações.

Ler o post

Você já parou para pensar em inteligência de mercado hoje?

Existem exemplos de empresas que saíram do padrão, inovaram e traçaram o melhor caminho para o sucesso usando muito deste recurso. O Spotify, por exemplo, modificou radicalmente o modo como as pessoas ouvem músicas e programas gravados. Hoje, elas precisam apenas baixar o app e ouvir suas playlists e podcasts a qualquer hora, em qualquer lugar. Mas para chegar a este nível de disrupção e realmente conquistar o público, a inteligência por trás dos dados foi ponto-chave, principalmente, no momento de aprender com os usuários e oferecer sugestões de áudios relacionados aos seus gostos.

Ler o post

Fique conectado

Cadastre o seu e-mail abaixo e receba as novidades da nossa plataforma.
Oba, agora é só ficar ligado na sua caixa de correio.
Ops, algo deu errado! Tente novamente.
Fique tranquilo! Nunca compartilhamos seus dados com terceiros.