Back to Blog

Indústria farmacêutica e a questão de sustentabilidade e responsabilidade ambiental no Brasil

Bruna Aosani

Em parceria com o Panorama Farmacêutico analisamos como a indústria farmacêutica trabalha as questões de sustentabilidade e responsabilidade ambiental em seus canais digitais. 

Foram analisadas as Top 20 marcas do setor com o melhor Zeeng Score, ou seja, aquelas que possuem a melhor presença digital considerando redes sociais, notícias e web. O estudo considerou o período de doze meses, entre 01/05/20 a 01/05/21.

Quais são as marcas da indústria farmacêutica com a melhor performance digital?

As marcas que se destacaram no Zeeng Score foram: Janssen, Pfizer, Bayer, Merck, Eurofarma, Prati Donaduzzi, Novartis, Aché, Sanofi, GSK, União Química, Neo Química, Roche, Hypera Pharma, Teuto, EMS, Cimed, Takeda, Novo Nordisk e Biolab.

O estudo completo é dividido em dois olhares: Notícias e Redes Sociais.

Você pode fazer ter acesso ao conteúdo completo do Estudo, gratuitamente. 

Para baixar o material é só clicar aqui.

Conteúdo noticioso

Juntas, as marcas foram mencionadas em 220k notícias no período analisado, destas apenas 1,59% são relacionadas a temas de sustentabilidade e meio ambiente.

Bayer, Pfizer e Neo Química se destacaram como as empresas que mais estão ligadas ao tema na imprensa.


Notícias relacionadas à áreas de degradação no Brasil (Amazônia, Floresta Amazônica, Pantanal, Cerrado e Mata Atlântica), o volume de notícias é ainda menor, representando 0,32% do total de notícias.

Redes Sociais

Percebemos que algumas marcas já são reconhecidas por este posicionamento, enquanto outras fazem uso apenas de esforços de comunicação.

Nas redes sociais, considerando Facebook, Instagram, Twitter e Youtube, as marcas realizaram 9.2k publicações no período analisado, sendo apenas 2,3% (219 posts) relacionados a assuntos de sustentabilidade e meio ambiente.


Eurofarma, Teuto, Bayer, GSK e Merck foram as marcas que mais publicaram sobre o tema, sendo a Eurofarma a mais consistente nas redes, visto que que os posts estão segmentados em diferentes períodos nos últimos 12 meses.

Os Top três posts com mais interações no Facebook, rede mais utilizada pelos players, foram da Eurofarma, assim como no Instagram e Twitter.


No Youtube quem se destacou foi a Novartis.


Já as publicações relacionadas à áreas de degradação no Brasil representam apenas 0,1% das publicações totais nas redes sociais.

Nesse quesito, além da Eurofarma, EMS se destaca como uma das marcas que mais falou sobre o tema durante o período analisado.

Sustentabilidade e responsabilidade ambiental, assim como, áreas de degradação ambiental no Brasil são temas de extrema relevância e estão em ascensão nos últimos anos.

As marcas que mais repercutem na mídia associadas aos temas, não são as mesmas que mais comunicam sobre as pautas nas redes sociais. Nesse caso, concluímos que algumas marcas já são reconhecidas por este posicionamento, enquanto outras estão buscando esse reconhecimento através de esforços comunicacionais.

Como mostra a análise, alguns players  têm se posicionado mais sobre essas pautas nas redes sociais, mas ainda assim as publicações representam apenas 2,3% dos posts totais. O volume de conteúdo noticioso sobre os temas representa 1,8% do total de notícias, o que mostra que a pauta ainda têm muito para evoluir.

Lembrando que para ver o estudo completo é só fazer o download aqui.

Ah, se você quiser entender como analisar o seu mercado, é só solicitar um trial gratuito para conhecer a plataforma.


Mais posts no blog

Análise de presença digital dos escritórios de contabilidade

Em parceria com a Essent Jus e Captee analisamos como as contabilidades de destaque estão trabalhando sua performance digital e quais pontos podem servir de referência para as demais.

Ler o post

Zeeng está entre as 100 Startups to Watch 2021

Em sua quarta edição, a lista traz cem empresas com soluções inovadoras para atender às demandas de uma economia em transformação. São startups com potencial para se tornarem líderes e prontas a receber a atenção de investidores, grandes empresas, governos e aceleradoras.

Ler o post

Análise de presença digital das prefeituras do sertão de Pernambuco

As prefeituras do sertão de Pernambuco estão destinando esforços de comunicação ao ambiente digital, mas não em todos os canais. Facebook e Instagram são as redes mais utilizadas, deixando bastante de lado o Twitter e Youtube.

Ler o post

Fique conectado

Cadastre o seu e-mail abaixo e receba as novidades da nossa plataforma.
Oba, agora é só ficar ligado na sua caixa de correio.
Ops, algo deu errado! Tente novamente.
Fique tranquilo! Nunca compartilhamos seus dados com terceiros.